28 novembro, 2014

Aluno e professor: Troca de saber

Aluno e professor: Troca de saberes.



Tinha acabado de começar a aula e naquele espaço ideal para encontros e trocas de conhecimentos entre professor e aluno, surgiu belos questionamentos sobre a qualidade do ensino-aprendizagem e qual a importância que cada conteúdo tem na vida dos alunos.
     A aula era de biologia e o professor com extrema maestria conduziu o debate instigando a participação de cada educando que se encontrava presente naquele momento histórico, em que informações se entrelaçavam em um ritmo harmonioso demostrando a importância das relações para a construção do conhecimento e que sempre há algo para ensinar e para aprender.
    O aluno Gabriel que é bastante dedicado e atencioso aos estudos, começa a fazer indagações ao professor:
- Gabriel: O que é ser professor?
- Professor: É ser um agente de mudanças na sociedade e não apenas um mero repassador de conteúdo, principalmente quando se trata de professores de biologia, visto que os avanços científicos, as alterações ambientais e as exigências do mercado de trabalho, exigem pessoas melhores preparadas para lidar com as transformações e exigências imposta pelo desenvolvimento social, econômico e científico de nações que estão em pleno processo de expansão e reestruturação.
- Gabriel: E como o professor deve agir em sala de aula?
- Professor: O trabalho de educador demanda que ele procure aliar o conhecimento teórico com os elementos que fazem parte do cotidiano do educando, buscando facilitar a aprendizagem, despertar o interesse e a curiosidade pelos fatos que acontecem em sua volta investigando-os a pesquisarem de maneira cientificas, relacionando as experiências vividas com conhecimento teórico aprendido em sala. E o professor continua fazendo a exposição dizendo que o ensino de biologia deve permitir ao aluno a compreensão da vida e de que a ciência não tem respostas definitivas, tendo como principal característica a possibilidade de ser questionada o que amplia a sua relevância para o aprendizado, já que leva os alunos a refletirem, elaborarem hipótese e possíveis soluções para os problemas exposto e que cabe ao professor provocar no aluno o desejo de querer conhecer e aprender sempre, acendendo em cada um uma chama que pulsa a cada descoberta e que impulsiona a seguir em busca de novos conhecimentos.
    O aluno Gabriel com toda sensatez e conhecimento adquirido nos livros, em suas vivencias e em sala de aula de aula com seus mestres faz uma bela reflexão, quando diz que a cada aula iniciada a responsabilidade do professor aumenta, pois pode ser uma oportunidade única de construir conhecimento, naquele determinado momento educador e educando estão em constante construção-desconstrução e juntos buscam algo em comum ... O APRENDER.
    O professor completa dizendo que o ensino de biologia em sala de aula deve ser um ambiente, onde o aluno possa expressar e construir conhecimentos, interagindo com o mestre, formulando questionamentos, procurando evidencias, lançando hipóteses, realizando experimentos e elaborando conceitos, em construção continua e permanente, que o ensino deve  estar voltado para a apropriação do conhecimento e construção da cidadania, contribuindo para ampliação do entendimento sobre o indivíduo, sobre o lugar que ocupa na natureza e na sociedade e na possibilidade de interferir na dinâmica do planeta, utilizando o aprendido em benefício de si próprio ou da humanidade. 
E finalizou dizendo que o ensino de biologia é assim, construir para desconstruir. Construir o novo e desconstruir o velho, pois a ciência está em permanente construção, verdades não são absolutas e mentiras pode se tornar verdades, já que as ideias mudam o mundo.
    O aluno Gabriel, enfeitiçado pelas palavras que saltitava da boca do professor, agradeceu pela contribuição que o educador oferecia para aquela turma salientando a importância da educação para formar pessoas comprometidas com o planeta.
    O professor emocionado, saiu da sala de aula com os olhos cheios de lágrimas, agradecendo pelo oportunidade de participar de um momento em que um aluno reconhece o valor da profissão “PROFESSOR”.

Autora: Noêmia Roberto

Publicado na 1ª Coletânea Estudantil de Contos e Poemas da EEEP Professor Gustavo Augusto Lima. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário