03 dezembro, 2015

Espaço WR: Tratamento para ovários micropolicístico.

Espaço WR: Tratamento para ovários micropolicístico.

Oi Gatitas, tudo bem?

Semana passada falei pra vocês sobre o que é a Sindrome dos Ovários Micropolicísticos e hoje darei continuidade ao assunto, mas, falando sobre as formas de tratamento para a sindrome. O tratamento deve ser orientado por um ginecologista que é o médico que lida com o aparelho reprodutor feminino, e as formas de tratamento varia, pois é levado em consideração os sintomas apresentados pela mulher, como por exemplo irregularidade do ciclo mestrual, o crescimento excessivo de pêlos e o aparecimento de acne. Antes do início do tratamento, médico e paciente, devem analizar qual é o tratamento adequado para a paciente em questão. 

Veja os principais tipos de tratamento para ovários micropollicísticos.

Foto:mdemulher.abril.com.br

Anticoncepcionais orais: O tratamento a base de anticoncepcional é mais indicado para mulheres que não desejam engravidar. Esse tipo de tratamento melhora os sintomas de irregularidade mestrual, cólicas, aparecimento de espinhas e aumento de pelos. No entanto, não existe uma pirula específica para o tratamento.
Antidiabetogênicos orais
- Quando a sindrome está associada à resistência a insulina, o tratamento é feito por meio de medicamentos para diabetes.
Dieta e atividade física – E importante que as pacientes sejam orientadas a realizar atividades físicas e ter uma alimentação balanceada, juntamente com o uso de madicamentos.
Indução da ovulação - 
Para as mulheres que desejam engravidar, o tratamento recomedado é a indução da ovulação, mas antes, o médico procurará  afastar outras possibilidades para a infertilidade.
Cirurgia
: Como o tratamento com medicamento tem mostrado eficiencia no controle da simdrome, os procedimentos cirúrgicos têm sido abandonados e só em último caso ele é utilizado.

E aí, você conhece alguém que passou por algum desses tratamentos?

Deixe seu comentário, afinal, você é parte importante nesse diálogo.

Siga-nos nas redes sociais.
facebook.com/portaleconhecer
Instagram:@portaleconhecer

Enes bjossssssssssssssssss.

Por Noêmia Roberto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário