21 maio, 2019

Padrões de beleza: qual é o padrão?

Oi Gatitas e Gatitos, tudo bem?

    Hoje venho conversar com vocês sobre um assunto que cada dia mais tem surgido nas mídias e quase sempre é alvo de grande polêmica. 
A nossa sociedade chega ser cruel quando o assunto é beleza. E o assunto as vezes é colocado de maneira tão forte que fica parecendo que somos obrigados a nos encaixar nesse padrão, ou então, seremos eliminados do contexto social. Cruel não é verdade? E isso, piora ainda mais, para nós, mulheres. Concordam?
   Veja algumas situações que acontecem no nosso dia a dia que essa cobrança claramente exposta:

1- Se você está acima do peso
As pessoas costumam falar: Você está obesa, para de comer, faz uma dieta, deixa de preguiça, vai para academia, faz caminhada, você precisa emagrecer.

2- Se você está magra
Perguntam: Você está bem? Como você emagreceu assim, só pode estar doente. Essa magreza não é normal.

3- Se você tem o cabelo cacheado
Menina alisa esse cabelo. Eu conheço um produto ótima para alisar o cabelo e não estraga. Cabelo liso é tão mais bonito.

4- Se você não usa maquiagem
Dizem: A maquiagem deixa a mulher bem mais bonita. Passa um blash pra sua pele ficar mais rosada. Usa um batom...

5- Se você usa maquiagem todos os dias
Pra que se maquiar todos os dias? Até parece que você vai para uma festa. E por aí vai...

    Sempre tentando fazer você, eu, nós nos encaixarmos em um padrão de beleza que nem existe. 
     Mas, o que é padrão de beleza mesmo? Se ela é tão complexa para ser definida.
   A beleza é algo tão particular, tão individual, tão única. Que fica impossível existir um padrão.

Foto: Pixabay.com

Veja só:
   Aquilo que é bonito pra você, na minha visão pode ser lindo, pois a beleza depende dos olhos de quem olha.  E é exatamente por isso que é impossível definir uma padrão de beleza que seja capaz de encaixar todas as pessoas. Afinal, cad um de nós, é único. Isso significa dizer que somos diferentes, tanto fisicamente, como cognitivamente. Por isso agimos, pensamos e funcionamos de maneiras diferentes.
    Então, não tente se encaixar em nenhum padrão pré estabelecido se isso não te faz feliz. Seja seu padrão. Crie seu próprio padrão, com aquilo que te faz bem, que te faz feliz. Pois de nada adiante se encaixar em um padrão imposto se isso te faz se sentir mal. 
    Não vale apena.
    Pense nisso!

Por Noêmia Rolim 


Nenhum comentário:

Postar um comentário